sábado, 27 de junho de 2009

Tenho o Que Não Mereço (part VII)

Tentar esquecer a alma,
Para a vida não perder,
Fechar o coração
Para de amores não sofrer,

O coração não fecho
Pois iria deixar de amar,
Tudo na vida esqueço
Por tudo voltarei a lutar,

Todas as manhãs
Quando de mais uma noite me levanto
Para mim me ponho a pensar,
Porque será que te amo tanto?

Porque será que te amo tanto?
Porque será que tanto te amo?
Porque será que te quero?
Porque será que “AMOR” te chamo?

Uma vou esquecer,
Disso tenho a certeza,
Quando é que isso vai ser?
Já não respondo com clareza

Transbordo de amor,
Transbordo de alegria,
Fico feliz por te ver
Por sentir tua companhia,

Fico feliz por te tocar,
Feliz por te sentir,
Com um amor tão louco assim,
Como é que feliz não me hei-de sentir?

Sinto-me feliz, bem sei,
Alegre, e muito contente,
Só a tristeza não me deixa
Pois esta vive com a gente,

Esta não se vai,
Pois não nos quer deixar,
Sou feliz mesmo assim
Pois nela não consigo pensar

Nela já não consigo pensar,
Pois esta, de mim, já não faz parte,
Pois agora, só vejo o amor
A flutuar, pelos céus de Marte

6 Pedrinhas Lançadas:

Gleiciane disse...

"Todo o bem que eu puder fazer, toda a ternura que eu puder demonstrar a qualquer ser humano, que eu os faça agora, que não os adie ou esqueça, pois não passarei duas vezes pelo mesmo caminho."
(James Greene)

Tenha um belo domingo!

Gleiciane disse...

Pois é meu amigo,eu ando sonhando mto ultimamente.
Sonhos que nem sei quando vão se realizar,mas mesmo assim continuo a sonhar sempre.

Bjus!!

Eduardo Franco disse...

Tudo e karma meu amigo.Abraço!;)

Vieira Calado disse...

É tudo isso.
O amor dá-nos a suprema alegria,
a verdadeira felicidade.

Um abraço

Fabricante de Sonhos disse...

Amigo querido!
Lindo mais uma vez esse teu poetar!
O amor nos faz flutuar e a tristeza as vezes surge mesmo... É mais melancolia não é?
Mas saiba que amando, não há espaço para sentimentos ruins. O que conta de verdade é a felicidade real de se ter por perto alguém que queremos bem!

Gostei muito!

Um beijão, viu?

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

João,

Penso igual a você. Temos que externar o sentimento que balança nossa vida e nos mostra que o vento da felicidade existe.

Espero não perder contato, viu?

Noite de luz!

Rebeca

-

BlogBlogs.Com.Br