sábado, 20 de novembro de 2010

Num Simples Olhar...

O Amor é um rumo de vida
O sofrimento sua parte integral,
Tudo o que por ti sinto
Uma tormenta sem igual

O que sinto é amor, bem sei
Nada como houvera sentido antes,
Penso agora nos amores antigos
Meros pensamentos inconstantes

Amores e desamores, houvera eu vivido
Desejos antigos, para sempre esquecidos,
Podendo agora voltar a amar

Esquecer os mórbidos sentimentos
Sem conseguir tirar-te do pensamento,
Amando-te num simples olhar

4 Pedrinhas Lançadas:

Tania T. disse...

Sabe o que eu mais gosto no seu blog?

É que eu sempre me identifico com as suas palavras.. isso é tão bom!!!

"O que sinto é amor, bem sei
Nada como houvera sentido antes,
Penso agora nos amores antigos
Meros pensamentos inconstantes"

Adorei d+

Bjokinhas =*

Andressa P. Cruz disse...

A tormenta do amor, nada mais é que o próprio amor.

Aline; disse...

aah, obrigada João!
venha me visitar sempre que quiser!

tô adorando o que escreve aqui! *.*
te seguindoo!

beeijo :*

Tânia disse...

Boom .. primeiramente quero agradecer a visita e o comentário adorável que me deixou ...
Quanto ao seu blog .. tbm não me arrependo em nada de ter clicado no seu link .. voce tem belas palavras, sensíveis e fortes. Adoro quando conseguem unir essas duas características!
E o amor.. é bem assim mesmo (ou deve ser neh.. rs) .. nos faz as pessoas mais felizes .. só pra que possamos suportar a maior de todas as tristezas..

beeijos.

BlogBlogs.Com.Br