terça-feira, 9 de novembro de 2010

Desejo de te amar...



A tua frente parado
Pensando em como seria,
Poder beijar teus beijos
Até ao nascer do dia

Teus lábios que flamejam
Como chamas que queimam meu coração,
Num desejo ardente que me consome
Neste morbida paixão

O movimento do teu corpo
Que balança no meu olhar,
Com o ritmo quente que se faz sentir
Enquanto meus olhos nos teus vão bailar

As lágrimas que no meu peito se escondem
Quando aperta o desejo de te beijar,
Ao olhar o movimento dos teus lábios
Que só em sonhos posso beijar

O som da tua voz que me encanta
Mesmo quando não a posso ouvir,
Nas ondas do teu corpo perderme-ia
Se nos meus braços te podesse sentir

No toque das tuas mãos tento ter
O que nem em sonhos consigo,
Um minuto a teu lado
Para sempre ter-te comigo

Sei até que tudo isto
Para ti pode até nem fazer sentido,
Mas o amor que oculto dentro de mim
Faz-me sentir sem rumo, meio perdido

Nos caminhos da vida
As portas do inferno se vão abrindo,
Para nas suas chamas ver arder
O que sem querer por ti, estou sentindo

4 Pedrinhas Lançadas:

angela disse...

lindo :D
ve'.se nitidamente que foi escrito com paixão, com amor :)
esse e' um dos grandes combustiveis dos grandes escritores. espero que continues a escrever assim, e que encontres a felicidade.
bjs

Tania T. disse...

Que perfeito!!!

Me identifiquei, sabia?

Amar em silêncio...

Lindo, lindo, lindo!!!

Bjokinhas =*

Vieira Calado disse...

Nos caminhos da vida

se vão escrevendo versos!

Um abraço

Ilda disse...

Este é o meu favorito João, está lindo mesmo. Fazes poemas lindos mesmo.
Beijinho

Ilda

BlogBlogs.Com.Br