quinta-feira, 26 de março de 2009

Se Eu Soubesse (part. I)


Se eu soubesse que estes momentos
Eram de tristeza e solidão,
De certeza que faria melhor
Para enganar meu coração

Meu coração tento enganar
Mas não sei porque tanto tento,
Se para mim o verbo amar
É tudo o que mais lamento

Não sei porque me fui apaixonar
Por alguém como tu,
Se sempre que estou contigo
Não passo de um triste “urubu”

A dor que sinto cá dentro
Neste coração mal tratado,
É a imagem de alguém
Que do amor está isolado

Vivo na tristeza
Um desgosto bem chorado,
Pois foi por ti meu amor
Que para a morte fui aclamado

Neste momento bem sei
Que sofro mas calado,
Pois não quero demonstrar
Que nesta vida não sou amado

Se na alegria me perco
Na vida me desencontro,
Não sei se poderei
Para a morte estar pronto

Sou poeta quando escrevo
Inútil quando falo,
Sou escravo na morte pois escrevo
As mágoas incertas de um “cavalo”

“Cavalo” este sem razão
Quando para “burro” se descai,
Mato na esperança meu coração
Quando a desgraça já lá vai

8 Pedrinhas Lançadas:

.: Juliana :. disse...

Temos que buscar sim, escrever da melhor forma, porém, erros são inevitáveis.

Gostei do poema, mesmo tento um ar triste. Ele é profundo e tocante.
Parabéns.

Abraços.

Fabricante de Sonhos disse...

Nossa... tão tristinho e tão bonito esse poema!
Muito liiindo.

As vezes "se enganar" funciona...
Quando estou triste por examplo, eu finjo que to feliz... me engano, me engano... Finjo tanto e tanto que a felicidade acaba vindo!

Ótimo final de semana pra vc, querido!!!!
Obrigada pelas palavras na minha fábrica, ok?

Um beijo grande!

Fabricante...

Beatriz disse...

Ola Joao!
Será somente um poema...
uma etapa de uma vida...
outro amor surgirá...
sem duvida alguma!!
Nao devemos nos isolar e sim lutar para ser feliz!!
Deixo um abraço, um bjo e o meu sorriso.
Com carinho.
Bea

loira mexicana disse...

Sem obter palavra de autorização, ouso lançar a público estes que mais não são desabafos de uma alma que não sabe que existe...
Que lindo isso,como seus escritos...alias amei a foto do perfil também,e a música...resultado:
Estou encantada com seu blog e vou adicioná-lo aos meus favoritos!

GMV disse...

[obrigada pela passagem no meu palco]

Um poema triste... mas sem uma boa tristeza o que seria dos grandes poetas?

Beijos meus

Sandra Mara disse...

Passando para desejar-lhe um ótimo e iluminado FDS..
Fique em paz e com Deus..
Beijossss...

Gleiciane disse...

Passando p/desejar uma linda noite p/ty e dizer que amei o poema.

Bjus!!

Mariana Dore disse...

o amor é belo em sua dualidade. Tanto nos faz bem que nos faz mal. Tanto nos alegra que nos deixa triste... Como não sofrer por tanto amar?

O amor é uma aventura dos corajosos.

;D

BlogBlogs.Com.Br